Varanda da Sinhá da Camiranga
 


COMO DIZIA QUINTANA...

 

Esta vida é uma estranha hospedaria

De onde se parte quase sempre às tontas

Pois nunca as nossas malas estão prontas

E a nossa conta nunca está em dia.

 

 

                    



 Escrito por Sinha Clementina às 20h25
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
 


BRASIL, Sudeste, pra lá de Deus me livre!, Varanda da Rede da Paz, Mulher, Mais de 65 anos, Causos da vida alheia, estórias do povim


 





 buraco do Negao
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo



 Dê uma nota para meu blog